WebSummit 2019, novidades e o que rolou por lá

Olá caros leitores, membros e seguidores, segue nossa matéria sobre a WebSummit 2019 que aconteceu em Lisboa no inicio de novembro de 2019.
Uma apresentação detalhada da conferência e novidades sobre alguns aplicativos e startups que vimos por lá!

No final de outubro fui convidada a palestrar e falar sobre minha experiência atendendo o WebSummit há 03 anos. Dei dicas de como aproveitar ao máximo a maior conferência de tecnologia, empreendedorismo e inovação da Europa que aconteceu entre os dias 4 e 7 de novembro em Lisboa. Para quem não sabe a conferência surgiu em 2009, em Dublin, e foi fundada por

No final de outubro fui convidada a palestrar e falar sobre minha experiência atendendo o WebSummit há 03 anos. Dei dicas de como aproveitar ao máximo a maior conferência de tecnologia, empreendedorismo e inovação da Europa que aconteceu entre os dias 4 e 7 de novembro em Lisboa. Para quem não sabe a conferência surgiu em 2009, em Dublin, e foi fundada por Paddy Cosgrave, David Kelly e Daire Hickey.

A Revista Forbes já afirmou que a “WebSummit é a maior conferência de tecnologia do mundo”. Na realidade é mais do que isso; é uma plataforma de networking e investimento, uma ligação a redes internacionais de difícil acesso e identificação de tendências.

Em números: mais de 70.000 pessoas, 11.000 CEOS (desde empresas da Fortune 500 até pequenas empresas de tecnologia) mais de 2.500 profissionais de imprensa, 2.150 startups, 1.500 investidores, 1.200 palestrantes, 650 palestras com referências mundiais. É o grande encontro de Empreendedores, Empresários, Investidores, Professores e Entidades do governo de mais de 70 países.

Para quem nunca ouviu falar sobre o evento, a WebSummit reúne 24 trilhas temáticas, entre elas: Content Makers (voltada para a indústria da mídia e comunicação), Modum (futuro da moda), Panda Conf (para profissionais de marketing que redefinem como alcançar consumidores), Sports Trade (tudo sobre esportes), Music Notes (showbusiness e indústria musical), Talk Robot (Inteligência artificial e robótica), Planet:Tech (sustentabilidade e meio ambiente), HealthConf (indústria da saúde), MoneyConf (fintech), Growth Summit (dicas e cases sobre growth hacking pelas empresas que tem crescido mais rápido no mundo), Startup University (aprendizados compartilhados por grandes empreendedores e investidores), Venture (palco que une investidores, anjos influentes e aceleradoras) Future Societies (aborda como a tecnologia está transformando a forma como vivemos, aprendemos, trabalhamos e nos divertimos) , SaaS Monster (para pessoas que redefinem como fazemos negócios), planet:tech (aborda as ameaças existentes ao nosso planeta) Corporate Innovation ( aborda como as empresas podem sobreviver e crescer em meio às disrupções tecnológicas), Deep Tech (apresenta as últimas invenções no mercado), entre outras.

São tantos temas interessantes e palestrantes fantásticos que você é obrigado a fazer escolhas, a filtrar e planejar muito bem o que deseja ver e ouvir. O fato é que é impossível conseguir ver tudo. A boa notícia é que provavelmente ninguém te avisou mas você consegue assistir as palestras pelo canal do WebSummit no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCJtkHqH4Qof97TSx7BzE5IQ/videos

Vale a pena dar uma olhada e se atualizar. Boa sugestão para assistir à noite (no lugar do Netflix) ou num dia chuvoso no final de semana.

Agora, que você já sabe do se trata a WebSummit, vamos as novidades sobre o que vimos por lá esse ano.

A primeira delas é que esse ano a presença brasileira no evento foi mais marcante. Além de termos tido alguns palestrantes brasileiros: Carlos Moyses (iFood.com), Marcelo Lombardo (Omiexperience) e Simcha Neumark (WEEL), Fernando Machado (Burger King), o número de brasileiros vem crescendo a cada ano.

Entre os palestrantes, tivemos grandes nomes como: Ben Silbermann (CEO & Co-Fundador, Pinterest); Devin Wenig (CEO, eBay); Elie Seidman (CEO, Tinder); Emmett Shear (CEO, Twitch); Gillian Tans (CEO, Booking); Marcelo Rebelo de Sousa (Presidente Portugal); Matt Brittin (Presidente EMEA Business & Operations Google); Nico Rosberg (Piloto e campeão mundial em 2016 Formula 1); Ronaldinho (Ex jogador de futebol FC Barcelona); Stephen Kaufer (CEO, TripAdvisor) e Young Sohn (Presidente, Samsung).

A abertura contou com Edward Snowden, falando por vídeo de Moscow, numa transmissão ao vivo com a platéia. Edward falou sobre a importância da privacidade dos dados e salientou que “não são os dados que são manipulados e sim as pessoas”. Esse tempo todo, a mídia e as empresas tem focado na importância da privacidade dos dados de cada usuário quando o que realmente importa é que grande parte de nós acaba sendo manipulado pela tecnologia e através das mídias sociais. Quem aqui já não procurou passagem aérea para um destino e de repente começou a ver várias ofertas de viagens para o exato destino em anúncios em diversos sites que visitou? como “mágica”, ou coincidência, todos os sites pareciam saber que você tinha planos de viajar exatamente para aquela cidade.

Essa edição também se falou muito sobre a tecnologia 5G que trará novas revoluções para nosso dia-a-dia. Um vídeo de duas horas poderá ser baixado em alguns segundos. Além disso, a rede 5G irá consumir 90% menos energia que as redes 4G atuais, possibilitando a comunicação entre veículos autônomos além da realização de cirurgias remotas por meio de robôs.

Das poucas palestras que consegui assistir, talvez a mais enfática sobre nosso futuro tenha sido a de Jane Wakely (CMO, Mars e Mars Pet). Segundo ela, a questão não é a mudança climática e sim uma urgência climática. E fez a seguinte pergunta à platéia: “Como será o mundo quando você ensinar uma criança que a letra “e”, é para elefante, “l” para leão; e esses animais existirem apenas nos livros?…”

Como você provavelmente já deve ter lido outros artigos sobre o que foi falado lá e já mencionei o link para que você possa assistir as palestras, vou focar aqui em compartilhar o que vi por lá.

Nos pavilhões pode-se encontrar stands de diversos países promovendo seus respectivos programas de aceleração; países como: Qatar, Itália, Irlanda, França, Inglaterra, etc. Além de várias cidades de Portugal como: Açores, Évora, Porto, Lisboa e Leiria.

Esse ano, o número de stands com palestras cresceu muito. Além de todos os palcos com temas variados da WebSummit, você podia também participar de workshops e/ou assistir palestras nos stands da Samsung, AWS (Amazon), EDP, entre outros.

Outra novidade foi o ‘Investor Lounge‘, (este ano estava enorme), onde os investidores tinham um espaço reservado para conversar com empreendedores e potenciais startups. A Booking e a AWS também tiveram espaço reservado e ofereceram mentoria para os participantes.

Surpresa foi encontrar o stand da Floripa Conecta, que estava lá promovendo Florianópolis como: uma dos melhores destinos no Brasil (TripAdvisor), capital do Brasil com a melhor qualidade de vida (IBGE), a maior densidade de startups no país (IBGE), uma das 10 cidades mais dinâmicas no mundo ( Newsweek). De fato, o pessoal do Sul não tava de brincadeira. Exemplo a ser seguido pelos demais Estados Brasileiros.

Entre as startups, uma que sem dúvida chamou a atenção foi a Xkaliber, de Fort Lauderdale nos Estados Unidos. A plataforma oferece à seus usuários a possibilidade de comprar e/ou vender, de forma segura, produtos CBD de alta qualidade. (https://www.xkaliber.co/about-us/)

Conheci a Fotop. (https://fotop.io), plataforma onde você pode vender fotos de eventos esportivos, sociais e educacionais. Hoje, já contam com mais de 8.000 fotógrafos, 15.000 eventos criados e site com versões em português, inglês, francês e espanhol.

Também adorei conhecer a Otter, (https://otter.ai/) parceiro oficial da WebSummit, ganhadora de diversos prêmios (App Store, Google Play, FastCompany, Mashable). Através do aplicativo, você pode gravar entrevistas, notas, palestras e conversas. Eles também possuem um canal com as palestras que foram realizadas no Centre Stage da WebSummit, aproveite e dê uma olhada lá.

Já a Atlas (https://atlasbiomed.com/uk), acredita que cada corpo é único e por isso se propõe a dar insights sobre seu DNA e bactérias do intestino para que você tenha uma melhor saúde, nutrição e atividade física. É possível saber sobre seus ancestrais genéticos e suas migrações globais, obter recomendações de alimentação personalizadas, conhecer qual seu risco pessoal em relação à 19 doenças multifatoriais e muito mais. Sensacional, vale a pena dar uma olhada no site e conhecer mais sobre eles. Infelizmente ainda nao possuem uma versão em português.

Para quem curte tecnologia, vai adorar conhecer a Pyqabu (https://www.pyqabu.com/), através do aplicativo você pode personalizar bolos, chocolate e outros presentes através de realidade aumentada; combinando uma animação 3d incrível com uma mensagem personalizada como se fosse mágica.

Para os profissionais de Marketing Digital, foi muito bom conhecer a App Annie (https://www.appannie.com/), considerada hoje a plataforma de mobile data e analytics mais confiável pela indústria. Com 50 métricas diferentes oferece informações estratégia mobile e já conta com mais de 1 milhão de usuários e mais de 1.000 empresas como cliente (entre elas: Google, Samsung, Adobe, Visa, Ebay).

Outro aplicativo interessante a ser lançado que conheci por lá foi o The Paradym (https://theparadym.com/). Ele foi desenhado para aumentar o seu nível de auto-conhecimento e ajudá-lo a atingir seu potencial máximo, tornando-o mais criativo, produtivo e confiante no trabalho. Através de conteúdo guiado, exercícios, reflexões diárias pretendem desenvolver sua inteligência emocional.

Um stand que chamou a atenção foi o da Porsche. que criou um lindo espaço para que os participantes pudessem relaxar e fazer meditação. No último dia um pouco antes de terminar o evento, consegui passar por lá e após 20 minutos sai completamente renovada e renergizada. Obrigada Porsche. Esse ano para mim, foi uma prova de resistência física, não só pelos 14 km que se anda diariamente entre a Altice Arena e os 5 pavilhões (ano passado eram apenas 4), mas, também porque durante os 3 dias da conferência apesar de estar super bem instalada, próxima ao Marquês de Pombal, não consegui dormir uma noite sequer…. Imagina como estava no final da conferência?….resultado: passei o final de semana seguinte hibernando.

Paralelo à WebSummit, ocorre também diversos eventos sociais e de networking de diversas nacionalidades. Eu tive a chance de participar de um happy hour organizado pela Embaixada do Canadá, também fiquei sabendo sobre eventos realizados pelo Consulado da Suécia, Embaixada da Ukrânia, da África, para citar alguns.

Há também uma programação intensa organizada por missões Brasil-Portugal que levam os participantes à empresas locais e colocam em contato com empresários e organizações portuguesas. Para quem tem interesse em se mudar pra Portugal, abrir um negócio ou filial sem dúvida vale a pena acompanhar uma dessas missões. Quem se interessar em saber mais, fique à vontade de entrar em contato comigo, posso dar sugestões de algumas.

Para quem se animou e quiser ir, vale a pena comprar os ingressos para WebSummit com antecedência pois eles vão ficando mais caros à medida que a data da conferência se aproxima. Para as mulheres, a dica é comprar o ingresso ‘Tech Women” no início do ano, vendido por apenas 85 euros e que dá direito a dois ingressos. Uma bela iniciativa da organização que tem ajudando a promover a inclusão e o aumento da participação de mulheres na tecnologia.

E assim foi: mais uma edição intensa e cheia de novidades.

Que venha a WebSummit 2020!

Bjs/Abs e até lá!

Daniella Meirelles

Editora / Fundadora

Yuppy (GetYuppy)

 

FavoriteLoadingMarcar como Favorito
Compartilhe nas redes!Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Seja bem-vindo!

UA-77258271-1
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese
%d blogueiros gostam disto: